Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 2 de agosto de 2011

COMO EXPRESSAR NOSSOS SENTIMENTOS


Na vida tomamos decisões que envolvem expressar o que sentimos. Mas, sem querer, por vezes, ferir a sensibilidade dos outros ou de nós mesmos.
Para discordar de um amigo ou parente, de rejeitar qualquer defeito ou não sabendo que uma consulta é necessária extremo cuidado e tomar a decisão certa. Ou seja, assertivo.

Assertividade é uma habilidade que nos permite expressar sentimentos pessoais, as opiniões e pensamentos no momento em que devemos, de forma adequada e sem negar os nossos direitos e os dos outros.
Agir assertivamente nos ajuda a aumentar a nossa confiança e ser mais respeitoso com as idéias dos outros. Por outro lado, uma atitude agressiva está relacionada com a raiva, humilhação e desejo de ser um idiota para os outros. E a atitude passiva nos impede de defender os nossos direitos, com a insegurança e o sentimento de ser bem aceito socialmente. Claro, é preciso evitar dois extremos.
Como qualquer outra habilidade, a assertividade é desenvolvido com a prática. E para uma expressão correta, nada melhor que aprender a comunicar de forma eficaz, tanto em situações íntimas (com a família, parceiro) e público.
A mensagem deve ser claramente indicado assertiva e calmo, a voz modulada de acordo com as circunstâncias. E para a recepção pode estar “escutando”, permanecendo a calma e ser capaz de interpretar as mensagens que não são ditas em palavras, incluindo dar uma resposta “não”. Tolerância deve ser a nossa melhor arma na comunicação com os outros.

ASSERTIVIDADE


assertividade é um comportamento que se aprende, permitindo-nos agir de acordo com os nossos interesses, a defendermo-nos de um modo controlado, a expressar os nossos sentimentos de forma honesta e adequada, fazer valer os nossos direitos sem negar os dos outros.
A assertividade envolve a comunicação direta das nossas necessidades, vontades e opiniões, sem interferir com a liberdade dos outros.
Uma pessoa assertiva é aquela que é capaz de exprimir o mais diretamente possível o que pensa, o que deseja e que faz valer os seus direitos, escolhendo um conjunto de comportamentos e atitudes  adequados a cada situação, de acordo com o local e o momento.
Atitudes de base à comunicação assertiva:

Auto Estima
Tendo em conta que a assertividade pressupõe a nossa auto-afirmação, é importante aprender a aceitar as nossas características, de forma a desenvolver a nossa auto-estima, sem pessimismos, condescendências ou suposições.

Determinação Surge como o resultado da energia associada à nossa força de vontade para prosseguir com os nossos objetivos até ao fim

.Empatia Consiste na capacidade de nos colocarmos no lugar do outro, procurando compreendê-lo, escutá-lo não fazendo juízos de valor.

Adaptabilidade
È a capacidade de nos adaptarmos ao tipo de comunicação do outro. Exp: se estamos a falar com adultos falamos de uma forma diferente de quando estamos a falar com crianças; falar com um familiar é diferente de falar com desconhecido.  

Auto-controlo È a nossa capacidade de controlar os nossos sentimentos e emoções negativas de modo a não interferirem na relação com o outro.

Tolerância à frustração
Tem a ver com a nossa resistência aos aspectos mais negativos da nossa vida.Caracteriza-se pela capacidade de gerir as tensões e conflitos nas nossas relações com os outros.
Sociabilidade Um comunicador assertivo deve ter prazer em comunicar e relacionar-se com os outros.Possuir e expressar sentimentos. Cada pessoa tem a sua sensibilidade e reage de forma diferente sem por isso, ser considerado melhor ou pior que os outros.

Possuir e expressar opiniões .Cada pessoa tem uma visão particular da realidade, o que proporciona uma infinidadede opiniões diferentes

.Dizer “Não sei”O direito de dizer “não sei” quando realmente não sabemos, revela capacidade para aceitarmos as nossas limitações.

Ser escutado.O direito à livre expressão de ideias e sentimentos só faz sentido quando alguém escuta. A capacidade de escuta vai para além da nossa capacidade de ouvir.

Cometer erros. Este direito, parte da ideia de que “errar é humano”.

Não ser perfeito. Este direito tem a ver com o referido anteriormente. È importante sabermos lidar comas nossas limitações que são próprias da condição humana.

Ser responsável pelas minhas atitudes .Pressupõe que junto com a nossa liberdade de escolha, existe também a responsabilidade de assumirmos as consequências das nossas ações.

Fazer e solicitar pedidos. Somos dependentes uns dos outros e precisamos de todos. È importante aceitarmos que os outros têm um contributo importante a dar e vice-versa.
Dizer Não Poderá ser tão assertivo dizer não, como dizer sim, depende do contexto

Assertividade é um comportamento através do qual:o  Defendemos os nossos direitos o Exprimimos os nossos sentimentos,pensamentos e convicções. Somos honestos, diretos e controlados ;Respeitamosos direitos dos outros
http://mudedeatituteeemagreca.blogspot.com ACESSO EM: 02/08/2011

Um comentário:

  1. Achei as aulas muito interessante, pois trabalhar com músicas nos faz sentir os mais diversos tipos de sentimentos, Parabéns pelo trabalho desenvolvido, pois faz com que gostamos mais ainda das aulas de Artes.
    Luan Uller 8 1

    ResponderExcluir